quinta-feira, 5 de julho de 2012

FILOSOFIA GERAL E DA EDUCAÇÃO



Unidade 1
Resumo do tópico 1

PRESSUPOSTOS PEDAGOGICOS PARA O ESTUDO DA FILOSOFIA
·         Os pressupostos que norteiam o ensino a distância de Filosofia se relacionam com o ágora grega e a nova ágora virtual;
·         Ágora grega é o espaço público em que se reuniam os pensadores da Antiguidade para discutir as questões sociais, politicas , religiosas e humanas;
·         O ágora virtual é aqui representada como um ciberespaço, que apresenta a possibilidade de democratizar no processo de estudo e investigação;
·         Hipertextualidade caracteriza-se como a possibilidade de acesso a diferentes links de interesse no processo de estudo e investigação;
·         Auto-organização é o desafio de cada estudante enfrenta ao se deparar com a necessidade de se organizar com as leituras, pesquisas e atividades individuais.

Resumo do tópico 2

CONHECIMENTO E REFLEXÃO SOBRE O QUE É A FILOSOFIA
·         A Filosofia surgiu no século VI a. C.;
·         O significado da palavra Filosofia tem origem grega – Philos = amigo e sophia = sabedoria;
·         O papel da filosofia está em desenvolver a consciência, a capacidade de questionar, de contextualizar e de refletir sobre a realidade;
·         O conhecimento filosófico tem um critério na razão, o conhecimento religioso depende da fé e do científico depende da experimentação.

Resumo do tópico 3

CONSCIENCIA HUMANA E FILOSOFIA
·         As pessoas são seres históricos capazes de modificar o seu espaço e não agirem apenas como máquinas programadas para executar uma determinada atividade;
·         A psicologia procura entender o ser humano a partir de sua individualidade ( consciência de si), enquanto que a sociologia procura entender  o ser humano  a partir de seu meio (consciência do outro).  A junção destas duas atitudes da origem a consciência crítica.
·         A consciência mítica caracteriza-se pela falta de criticidade e o individuo não se reconhece em si mas como parte do grupo;
·         A consciência religiosa tem como base a fé  e a aceitação de uma doutrina;
·         A consciência racional caracteriza-se pela capacidade intelectual de pensar, que se manifestam na racionalidade de cientifica e filosófica;
·         Nietzsche criticou todo o tipo de verdade e afirmou que devemos assumir por completo a segurança de nossa condição.

Resumo do tópico 4

OS GRANDES FILOSOFOS GREGOS E A EDUCAÇÃO

·         A filosofia serve como elo entre os vários campos do conhecimento;
·         Para Sócrates, o autocontrole (conhece te a ti mesmo) é uma das atitudes mais importante antes de fazermos qualquer julgamento;
·         O método socrático consistia em fazer as pessoas reconhecerem a sua ignorância e as contradições do seu pensamento através da ironia e da maiêutica;
·         O crivo da três peneiras é constituído pela: verdade, bondade e necessidade;
·         Para Platão, existem dois mundos: o mundo das ideias, no qual as coisas são perfeitas, eternas, imutáveis, verdadeiras, únicas e este mundo, no qual as coisas são imperfeitas, mortais, mutáveis, marcadas pelas falsas impressões e por sua multiplicidade;
·         Platão elabora a alegoria do mito da caverna, que é a melhor explicação da relação entre o mundo das ideias e este mundo;
·         Para Platão , existem fases bem definidas no desenvolvimento do processo educacional, que são:
- na primeira infância, até os três anos: a educação seria realizada no convívio dos pais, através do exemplo retirado de suas atividades;
- dos três aos seis anos: a criança deveria ser orientada através do exemplo dos grandes vultos da historia e da mitologia grega;
- dos seis aos treze anos: nesta fase, os ensinamentos devem adquirir um sentido mais abrangente;
- dos treze aos dezesseis anos: o currículo seria aprofundado nas matérias relacionados na faze anterior;
- dos dezesseis aos vinte anos: era chegado o momento de uma total dedicação ao preparo físico e ao treinamento militar;
- dos vinte aos trinta anos: todos aqueles que se mostrassem aptos, nas fases anteriores, estram preparados para uma nova educação superior, que incluía o estudo das diversas ciências e da filosofia;
·         Para Aristóteles, existem três ideias essências para o desenvolvimento de uma boa educação;
- a primeira destas ideias é aquela que ser refere a razão biológicas, que irá condicionarem muitos aspectos o comportamento do aluno;
- a segunda ideia diz respeito ao controle dos desejos através de hábitos produtivos que nos induzam a assumir automaticamente, um comportamento construtivo;
- por fim, o processo educacional sempre deve estar voltado para o desenvolvimento da inteligência e da razão;

Resumo do tópico 5

PAULO FREIRE: UMA FILOSOFIA PARA A EDUCAÇÃO
·         A desumanização caracteriza-se pela negação das diferentes formas de vida que as diversas culturas vão constituindo no seu cotidiano;
·         A humanização dá-se no anseio de liberdade, de justiça, de luta dos oprimidos pela recuperação de sua humanidade roubada. A humanização não se realiza completamente porque ela é uma busca permanente do ser humano;
·         Os operadores são os possuidores dos meios de produção, os que têm o controle econômico, politico e ideológico;
·         Os oprimidos são considerados os objetos dos opressores. São os que mais sofrem e os demitidos da vida, por não terem a oportunidade de vez e  de voz na sociedade;
·         O processo de libertação acontece [...] somente quando os oprimidos descobrem, nitidamente, o opressor, e se engajam na luta organizada por sua libertação, começam a crer em si mesmos, superando, assim, sua convivência com o regime opressor (Freire,2002, p.52);
·         Ninguém liberta ninguém, ninguém se liberta sozinho: homens se libertam em comunhão (Freire, 2002, p. 52);
·         A pedagogia dos dominantes caracteriza-se por uma concepção bancaria de educação;
·         A pedagogia do oprimido caracteriza-se pela conscientização e pela libertação das pessoas na sociedade;
·         Na compreensão de Freire, ensinar exige um respeito para com os conhecimentos que os educandos possuem;
·         O pensar certo, na perspectiva de Freire, é estendido como um processo de formação da consciência critica, em que os educandos são vistos como sujeitos de sua própria historia e participes do processo;
·         A formação de uma consciência critica não ocorre automaticamente, apenas efetuando algumas mudanças na sociedade, mas ele é um processo que vai se construindo cotidianamente, no interior de cada comunidade;
·         Uma das características importantes para o desenvolvimento da consciência critica é a curiosidade. “A curiosidade como inquietação indagadora, como inclinação ao desvelamento de algo, como pergunta verbalizada ou não, como procura esclarecimento, como sinal de atenção que sugere alerta, faz parte integrante do fenômeno vital” (Freire, 1996, p. 35-36).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário